vacuita:

Vinícius de Moraes, Chico, Marieta e Silvia Buarque
"Para explicar o amor Chico cita Montaigne "

“Não há dor que dure para sempre. Tudo é vário. Temporário. Efémero. Nunca somos, sempre estamos!”
— Chico Buarque (via yourcitysmeltexciting)

(via chicobuarquedehollanda)

Chico Buarque e Gilberto Gil na passeata dos Cem mil, 1968

Foto: David Drew Zingg

Chico Buarque - Com açucar, com afeto

Com açúcar, com afeto, fiz seu doce predileto…

Chico Buarque & Caetano Veloso

by Murilo Meirelles